terça-feira, 7 de outubro de 2008

Pra não dizer que não falei (das flores, do mundo e de tudo)



Quero falar tem muito tempo.

Ansiando colocar qualquer coisa aqui.

E tenho muitos guardados, Mas....

Mas...

Sei lá porque inventaram o MAS! Afinal ele vem sempre cortar os nossos sonhos.

Vem sempre nos transformar em mortais.

e nos trazer pro chão!

5 comentários:

Bárbara Matias disse...

Tem tempo que to tentando postar alguma coisa.rsrs
E escrevi várias coisas, mas...(rs)Mas o MAS sempre vinha. E eu nao postava.
Resolvi falar qq coisa sobre ele entao... acho que ele precisava de atençao.rsrs

Resumindo: doidera...rs

desculpa gente!rs
bjos.

Gustavo Bianch disse...

Faltou vc falar das flores!(rs)

O "mas" serve para nos conscientizar que a dureza da vida vez antes da poesia. Sem o "mas" a tirania do "sim" removeria a beleza de viver, pois sem contrários não há movimento. Sem verso não há reverso, sem direito não há esquerdo e assim vai...

Sem "mas" para terminar!

Bjoss

Filipe Garcia disse...

Ué, tava aqui esperando o diálogo que você me contou sobre os moços na livraria. Devia ter parado de dar atenção ao "mas" e postar a crônica, rs.

O mas é um obstáculo, isso é.

Beijo

Bárbara Matias disse...

O MAS cortou as flores tb!rsrsrsrsrsrs

... disse...

acho que nem precisava explicar, mas...
Gostei e muito!
bjus