quarta-feira, 9 de abril de 2008

Reencontro

Acho que aqui é o melhor lugar. Acho que aqui é onde a gente pode chegar pertinho e olhar nos olhos um do outro novamente. E veja. Olhe bem. Há tanta tristeza no meu canto do quarto, no meu olhar baixo, que não posso conter essa enxurrada de lágrimas salgadas que chega até meus lábios, amargando a alma. A luz no meu canto está fraca. Bem fraquinha. Mas não existe aquele tom romântico rústico, existe a velha tristeza fria que cala, que arranca as palavras. Agora você vê?
Admito que fracassei. Fracassei ao tentar decifrar esse meu sentimento a você. E não poderia persistir na tentativa, não poderia. Você veio quando soou minhas badaladas, quando a areia branquinha daquela minha ampulheta deslizou-se por completo e anunciou o momento. O momento da minha desistência, o momento que dei conta do meu cansaço. E você percebeu essa areia, ouviu as badaladas. Você atendeu... você está aqui!
Aqui, ao olhar-te, tenho de volta o meu abrigo, esse teu sorriso de menino que é só meu. Já te disse isso muito, mas assim como não canso de repetir, você nunca se cansa de ouvir, o quanto teu sorriso me chama atenção quando nos reencontramos. O quanto teu sorriso me lembra toda a história, as boas lembranças, me lembra você por completo. Lembra desses nossos encontros aqui e me faz retornar a minha casa, a minha essência.
E agora.... ah.. agora posso transbordar a luz que faltava ali no canto só de fitar teus olhos e sentir que fitas o meu olhar tão verdadeiramente, tão profundo. Essa troca de olhares parece, por um instante, ser suficiente já que há o encontro de nossas almas. Parece então, traduzir tudo nosso, porque sabemos nos comunicar com os olhos e nos entendemos tão bem. Mas sabe? Pra mim o nosso encontro não terminou aqui. Não terminou nesse olhar. Ainda quero saber o que há além do teu sorriso, quero enxergar e tocar no teu sentimento, pois não posso continuar tão longe do que é você. Quero me aproximar. Quero me recostar. Quero poder te encontrar sempre por aqui. Quero só poder ver o que é que há agora em você. Desejo saber do teu canto do quarto. Quanta luz há ai? Ainda dá pra ver da janela? E contemplar esse céu chuvoso nosso? Vamos? Abre sua porta e me deixa ver, me deixa tocar, me deixa decifrar.....

8 comentários:

Mr. Ziggy disse...

Que reencontro lindo! Nem parece que há dois cantos distintos... foi tão belo que acabou parecendo um canto só. A cada dia que passa tá mais lindo esse blog. Bjos de cá!

Filipe Garcia disse...

Você me disse que ACHAVA que eu gostaria do seu texto. Vou te falar o que eu ACHO, rs. Acho que você é uma menina que esconde ouro e fica por aí disfarçando suas canções bonitas de ouvir. E eu fiquei tão emocionado, que meus olhos brilharam diante do seu texto - pude senti-los. E você sabe que eu digo a verdade. Seu texto está impecável. Começou bonito e terminou lindo.

É isso.

Beijos.

Lucas disse...

de desencontros, a encontros
de contos que encantam
e cantam os cantos
do mais belo sentimento:
o de encontrar-se a si mesmo
no canto do sorriso do seu amor
... :P
Olha eu tentando dar uma de Bárbara... querendo brincar com as palavras da mesma forma que respira sentimentos. heheh bobinho eu, né?!
Lindo o texto amiga... bjus

Juliana Caribé disse...

As lágrimas, em vez de amargar, podem purificar a alma...

Ni ... disse...

Moça, você expressa sentimentos tocando a alma...
Delicioso teu cantinho...

Rafael Dias disse...

Deixa eu te perguntar...
vc é a Bárbara que morou com Fernanda Martinelli ano passado?
tava passando por uns blogs e caí aqui e olhei a foto umas 3 vezes e pensei... é eu acho que é a amiga da Fernanda! ^^
ah, eu sou Rafael o namorado dela, a gente conversou pouco, mas eu lembro de você!
ah, e seu blog...gostei muito.
vou começar a visita-lo agora!

bjao

Ana Cláudia Zumpano disse...

Adorei sua visita, mas melhor ainda foi poder chegar aqui e ler seus escritos tão lindos...
Aqui, ao olhar-te, tenho de volta o meu abrigo, esse teu sorriso de menino que é só meu.
como é bom guardar esse sorriso, qnd li seu texto, tudo mexeu aqui dentro... tantas lembranças! que amor bonito!
bjos ;* vou linkar vc lá no DELICADA & ARREDIA tá!

Srta. Festa disse...

Nossa esse post foi tão lindo como...um reencontro ^^!!!

Parabéns, gostei do blog, vou voltar sempre aqui.

Bjos ^^