quarta-feira, 25 de junho de 2008

Dias agora


São variados dias que remontam essa hora
São variadas horas que remontam meu minuto
São misturados sentimentos que me remontam por inteiro

E posso sentí-los mesclados
Posso vivê-los todos.
Agora.
Somente agora.

3 comentários:

BIANCH, Gustavo. disse...

Dificil de entender mas fácil de sentir.

:)

bjos

Jaya disse...

Eu sempre fico me perguntando se alguma vez já consegui viver o AGORA. De forma plena, sabe?

Vejo minhas ações tão conectadas ao futuro, tão presas ao passado. E o presente, cadê? Às vezes passa despercebido.

Se bem que, veja você... Agora é o futuro. E agora? Mais futuro. As coisas só caminham pra frente. O passado a gente carrega. E o presente? Bárbara! Não existe o presente! Não existe o agora! Rs.

Que papo de doido, né? E eu poderia ficar te perturbando durante toda essa minha insônia. Melhor eu ir.

Beijo, moça!

Bárbara M.P. disse...

A Madame sumiu mesmo, né?


=)